InícioSetoresAlimentos e bebidasBombeando fruta com uma bomba peristáltica

Bombeando fruta com uma bomba peristáltica

Até mesmo inofensivas sementes de fruta podem danificar o mecanismo de certos tipos de bomba. De fato, as sementes estragaram uma bomba de lóbulo giratório instalada na processadora de alimentos Pakkasmarja Oy, na Finlândia — um produtor de sorvetes e purês de frutas.

Todos os produtos são feitos com frutas frescas, mas as sementes na polpa das frutas desgastavam constantemente os lóbulos da bomba, causando a falha. Sua substituição por uma bomba peristáltica de mangueira fabricada na Grã Bretanha não só restaurou a produtividade, mas também deu mais flexibilidade à produção.

A bomba peristáltica de mangueira Verderflex VF32 é ideal para essa aplicação por vários motivos: Ela pode bombear líquidos com sólidos duros ou abrasivos em suspensão passando uma sapata giratória em uma mangueira especialmente projetada, comprimindo-a totalmente, até que, na recuperação, é produzido um vácuo forte, dando à bomba uma capacidade de autoescorva eficiente.

O produto bombeado fica totalmente contido na mangueira, sem entrar em contato com nenhuma outra parte da bomba, já que a bomba não tem válvulas que possam entupir nem partes móveis que se desgastam. Portanto, a Verderflex VF32 oferece à Pakkasmarja Oy uma bomba que pode transferir fluidos viscosos sem comprometer a eficiência da linha de produção nem a confiabilidade da planta.

A combinação de uma mangueira NBR de grau alimentício e de flanges SMS higiênicos fornece uma solução de bombeamento higiênica. Essa Verderflex VF32 tem a velocidade controlada por um acionamento de frequência variável, proporcionando um controle melhor ao processo de produção e variando o fluxo fornecido entre 20 e 2.000 litros/hora.

A Verderflex também atendeu a solicitação do cliente, que queria uma bomba de uso dual, montando-a em um carrinho para que ela possa ir da linha de produção para a área de embalagem, a fim de alimentar uma tremonha de carregamento quando não estiver sendo usada para bombear polpa de fruta.

A primeira Verderflex VF32 fez tanto sucesso que a Pakkasmarja Oy acabou de pedir mais uma bomba VF32.